Karê Rice




Ohayo!  ( ^_^)

Um bom dia com gostinho japonês!!
Minha irmã está passando dois dias conosco, então, como sei que ela adora “Karê Raisu”, resolvi fazer para ela!

Karê raisu? Mas o que é isso? É de comer? SIM! Nada mais é que um cozido “indiano ajaponesado” com CURRY, que é servido com arroz branco japonês (estilo “unidos venceremos”)!
Curry = Cãre = Karê  // Rice = Raisu deu para entender a associação dos nomes? Não, né? Nem eu!
Mas tudo bem. O importante é que eu nunca conheci alguém que dissesse: “não gosto de Karê”!
Também, não é um prato muito difícil de ser feito. Mesmo porque a base do Karê (Karê no moto), você encontra em qualquer loja de produtos japoneses.


Existe o karê de galinha, de carne suína ou de carne de vaca.
Vou ensinar aqui como eu gosto de fazer o Karê. Uso a bisteca suína por que eu separo carne – osso – gordura e faço um caldo com os ossos e uma pequena parte da gordura ( o resto, vai p o lixo organico).
Se fizer de carne de vaca, você pode fazer o caldo utilizando o ossobuco. (muito bom também!)

KARÊ RAISU (Karê Rice)

1 kg de bisteca
1 l de água
5 batatas grandes cortadas em hitokuti size (tamanho de uma bocada)
3 cenouras cortadas em tamanho
3 cebolas
1 pacote de base para Karê
1 col. de óleo

Primeiramente separo a carne dos os ossos e da gordura. Coloco os ossos numa panela com água fervente e uma colher de chá de sal.
Cozinho bastante e vou tirando a espuminha (AKU) que fica por cima, com uma colher.
Enquanto isso, corto a cebola bem fininha (slice) e refogo com 1 col. de óleo numa panela funda, em fogo mediano - baixo, até a cebola murchar e ficar marrom. (Cuidado para não queimar!)
Depois de marronzinha, acrescento o filé da carne, a batata e a cenoura, refogo mais um pouco. Coloco o caldo da carne e a base do Karê.
Deixo cozinhando, mexendo de vez em quando para não pegar no fundo da panela até formar uma “sopa” consistente.


Agora, se você não tem todo esse tempo, ou disposição para refogar a cebola, cozinhar o caldo em separado, etc., você pode colocar todos os ingredientes cortados + a base do Karê numa panela de pressão e tampa. Depois de pegar pressão, deixe cozinhar por 10 15 minutos. Desligue e só abra após, no mínimo, 30 minutos. Prático, não?


Depois de pronto, é só colocar o arroz no prato fundo e ao lado, uma concha do Karê.

Como é apimentado, é gostoso uma água bem gelada para beber, ou uma biiru (beer).

アロハ!( ^_^)

今日から日本語バージョンのブログをはじめます!
食べるのが大好きとわかっている友人が多いですが料理を作るのも大好きです!
これから気に入たレシピを作る度にみんなと分けていきたいと思います。
もちろん、失敗もあるけど、失敗は成功の元と言われていますから、それもブログに書いていきます。

今週は出張でリオに来た姉にカレーライスを作りました。

ブラジル人はカレーを始めて口にするとすぐ気に入ります。しかし、なかなか日本料理屋さんに出ないので、自分で作るしかないです。
日本人に作り方を教えなくてもよ~くわかってるけど、一つだけ私のチャレンジポイントを言います。
豚の骨(日本で使ったことがないから、どういう豚のところなのか知らない)で出し汁を先に作っておいて、カレーに使います。
時間のある時にオニオンをスライスに切って茶色になるまで諦念に弱火で炒めます。豚肉や野菜や先ほどの出し汁とカレールーを入れてからゴツゴツと煮込む。

しかし、時間がない時、全てを切ってから圧力鍋圧力を掛けます。作りはじめてから1時間以内に出来上がりですので簡単で、perfect

みなさまのカレーチャレンジも教えていただきたいで~す!
*^^)^* Chu

4 comentários:

Olivério Fernandes disse...
17 de janeiro de 2012 10:45

Lendo seu post, senti saudades de suas apetitosas iguarias.

Parabéns!!!

terê disse...
19 de janeiro de 2012 01:28

Adorei a receita mas como estou em Minas e sinto cheiro de acarajé em todo lugar, dá pra voce postar a receita ? E nao se esqueça do vatapá, viu?

Bjussssssssssssssssssssssssss

Karina disse...
19 de janeiro de 2012 07:41

Huum... Mamis.... acarajé é uma receita difícil hein! mas, não impossível! posso até sentir o cheiro do azeite de dendê! Vou pensar seriamente sobre isso! Vou ter que rodar a baiana!

Caroline Ayres disse...
19 de janeiro de 2012 09:50

EU ADORO KAREEE... obrigada irmaaaaaa.. esquceu de mencionar o nome da sua linda e graciosa irma1!!

Postar um comentário