Natal e Natal

Como passaram o natal?
Aqui foi uma correria. Tudo começou quando voltamos da lua-de-mel.

Em menos de uma semana tive que me “desdobrar” para desfazer as malas, fazer os preparativos para a ceia de sábado e para atender às encomendas do “bolo da vovó Cecé”, que foi um sucesso total! Teve até gente que pegou a receita no site e fez em casa! E foi mais sucesso por lá também!

Bom, tem muitas coisas que gostaria de postar aqui, começando pela nossa viagem a Natal e Pipa/RN. Pode-se dizer que foi uma viagem gastronômica! 

Em primeiro lugar, o café da manhã do Nordestino é um verdadeiro almoço: Frutas, iogurtes, sucos, frios, pães, bolos, tapioca, ovos, aipim, carne e etc.
Comi uma torta de camarão no café da manhã da pousada em Natal que lembrei muito do tempero de vovó Teresa.
Aliás, a comida de natal, de uma forma geral, me lembrou muito a comida de voinha.
No primeiro dia em Pipa, jantamos num lugar super descolado, chamado TAPAS. Tapas, em espanhol, é petisco, snack, lanchinhos. 
Mas eles pegaram a idéia de “tapas” pela quantidade, e juntaram com gastronomia de verdade e saiu perfeito! Só o maridão que achou a quantidade pouca para a fome dele. Mas aí tivemos a oportunidade de experimentar mais um prato!
O cardápio foi:
Filé de peixe ao Curry; Arroz indiano (cozido com canela e enfeitado com castanhas, banana, manga, mamão e coco); camarão ao mel e gengibre e batata sauté.

No dia seguinte almoçamos uma peixada ao molho de camarão, divina! Tanto comemos que não conseguimos jantar a noite.
Aproveitamos ao máximo cada segundo em pipa, na pousada Céu e Mar maravilhosa, frente à praia! Super indico! Aquele mar perfeito e a cervejinha bem gelada!

Em Natal, jantamos num lugar chamado farofa d’água. Fabrício, um escondidinho de carne de sol, e eu um escondidinho de camarão.
Gente, escondidinho original é com aipim, tá certo? Aipim, macaxeira, ou mandioca para o pessoal do sudeste. Nunca convide um nordestino para comer um escondidinho de batata! Isso para nós é uma ”torta de batata”, tá? Desse restaurante, só não gostei da caipirinha, que fizeram com cachaça Pitú! Um restaurante que se preze tem que ter uma cachaça menos, digamos, danosa.... rs

Esqueci de comentar uma coisa curiosíssima! Tem uma rede de Fast food que chama Bebelu, e que além dos sanduíches tradicionais, faz sanduíche com carne de sol! E pode vir no pão normal, ou árabe! Achei o máximo. Eu peguei o trio de sanduba de carne de sol + refri+ aipim frito! Adorei! Devia ter uma filial dessa rede aqui no Rio!! #Ficaadica!
O melhor de tudo veio no final! No último dia, fomos afogar nosso calor na praia de natal à sombra de um coqueiro, e com uma gelada, gelada mesmo! Pedimos uma porção de camarão de 10 reais. Achamos que não viria quase nada... mas era muito camarão! Tão grande e gostoso que foram mais 2 porções iguais a essa.

Espero poder voltar logo a Natal e desfrutar das maravilhas de lá novamente! Adorei!

1 comentários:

Viviane Junqueira Ayres disse...
28 de dezembro de 2011 23:00

Adorei.... mas faltaram as fotos!!!!
Posta depois!!!!

Postar um comentário